Reajuste dos servidores municipais será votado nesta segunda

Será votado nesta segunda-feira (26) o reajuste de 3% aos servidores municipais de Curitiba. A proposta enviada pela Prefeitura de Curitiba tramita em regime de urgência na Câmara Municipal, mas não agradou os servidores, que programam uma paralisação.

O reajuste foi protocolado na Casa em 25 de outubro e, de acordo com a justificativa do prefeito Rafael Greca, “não oferece riscos ao saneamento das contas públicas”. A proposta prevê reajuste sobre a folha de pagamento dos efetivos e comissionados da prefeitura, da CMC, de autarquias e fundações, dos empregados públicos e dos aposentados e pensionistas do funcionalismo municipal. Além disso, sugere a determinação da data-base para outubro.

Protesto

Enquanto acontece a votação do reajuste, os servidores municipais pretendem fazer uma manifestação em frente a Câmara de Vereadores. A categoria critica o índice proposto, classificado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc) como “muito abaixo da inflação”. Os trabalhadores também criticam a retirada da licença-prêmio dos novos servidores e a “contratação precarizada via Processo Seletivo Simplificado (PSS)”.

Colaboração Câmara Municipal de Curitiba e Sismuc

 

Compartilhe nas redes
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter